Juiz manda bloquear whatsapp no Brasil

Um juiz do Piauí determinou o bloqueio do aplicativo WhatsApp no Brasil, em razão de a empresa supostamente ter se negado a colaborar com investigações da Polícia Civil do Estado.

Leia mais...

Mídias Digitais

 Pesquisa global da consultoria Bain & Company também comprova, mais uma vez, que as redes sociais são principais fontes de informação para jovens

Uma pesquisa conduzida pela consultoria global Bain & Company mostra que as marcas não podem mais ignorar as redes sociais, principalmente as empresas que buscam consumidores jovens. Segundo o estudo “Geração #Hashtag e a era dos nativos digitais”, as mídias sociais já se tornaram a primeira fonte de referência para pessoas com faixa de idade entre 15 e 35 anos para diversos produtos. Além disso, consumidores analógicos, acima de 36 anos, também estão aderindo rapidamente aos meios tecnológicos.

Leia mais...

O fim do Internet Explorer...

É o fim de uma era. A Microsoft anunciou que irá abandonar a marca Internet Explorer. O navegador foi o mais popular da internet por cerca de dez anos e foi lançado em 1995.

O novo navegador da Microsoft noWindows 10, o novo sistema operacional da empresa, será o Spartan, ainda em nome provisório. “Nós estamos pesquisando qual nova marca, ou novo nome, nosso navegador deve ter”, disse Chris Capossela, diretor de marketing da empresa, em entrevista aoThe Verge.

Leia mais...

Facebook libera maior poder de monitoração para os anunciantes

Durante toda a sua trajetória até aqui, o Facebook tem sido cauteloso com relação à distribuição de dados de seus usuários para a estratégia de comunicação dos seus anunciantes. Agora, entretanto, o rigor diminuiu um pouco com a mais recente iniciativa da rede social.

A plataforma criada por Mark Zuckerberg está disponibilizando um grupo de dados para uma seleta lista de clientes, com a ajuda de uma ferramenta desenvolvida em conjunto com a companhia de data analysis, DataSift. Porém, o recurso Topic Data, pelo menos por enquanto, está disponível apenas nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Leia mais...

O seu produto está vindo pelos ares !!!

A Administração Federal de Aviação (FFA) dos EUA deram permissão para a  realizar testes de seu programa de , que devem ser utilizados para realizar entregas rápidas.

O órgão norte-americano anunciou que “foi emitido um certificado de aeronavegabilidade experimental” para a Amazon Logistics autorizando os testes de aeronaves não tripuladas. O certificado permite que a Amazon conduza voos com o drone a 400 pés (122 metros) ou abaixo disso durante o dia.

Leia mais...